SOMENTE EXISTE CRISE PARA AQUELES QUE CONTINUAM A FAZER AS MESMAS COISAS

A frase “Se você continuar fazendo as mesmas coisas, os resultados serão sempre os mesmos” já é bastante conhecida e sem dúvida faz muito sentido, principalmente em momentos de crise, pois ela somente existe para aqueles que continuam a buscar as mesmas alternativas para se ganhar dinheiro.

Agora, se você tem um pouco mais de conhecimento e uma mente aberta a novas oportunidades, bem como, está disposto a quebrar paradigmas em sua vida, a chance de passar mais suavemente pela crise financeira é maior do que para aquelas pessoas que somente enxergam dificuldades ou aspectos negativos e que não conseguem pensar “fora da caixa”.

Em momentos como esse é fundamental ler livros positivos, desenvolver atitudes positivas, conversar com pessoas que tem uma visão mais otimista e que estão dispostas, independentemente da situação do país, a fazerem por si mesmas coisas diferentes para obtenção de resultados diferentes.

Quando trazemos isso para o mercado financeiro, vemos poupadores conservadores perderem seu poder de compra ao colocarem seus ovos em um único cesto ao investirem seus recursos em Caderneta de Poupança, simplesmente por não quererem fazer investimentos diferentes para obterem resultados diferentes e porque não dizer mais recompensadores de seu esforço poupador.

Tudo isso, porque a Poupança obteve um rendimento de 8,15% contra 10,67% da inflação em 2015, medida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Uma perda de mais de 2% sendo a primeira vez que isso acontece em 13 anos, ou seja, isso significa explicitamente que os tempos mudaram e que a única certeza que temos daqui em diante é que as coisas serão diferentes, seja no mundo dos negócios, seja nos investimentos financeiros, pois, se compararmos com o investimento no Tesouro Direto, os títulos públicos indexados ao IPCA (índice de inflação oficial do governo) renderam 17,66% em 2015, o dobro do rendimento da Poupança no ano. Aqueles que enxergaram uma oportunidade resolveram mudar e buscar investimentos tão seguros como a Caderneta de Poupança, só que mais rentáveis, aproveitando as altas taxas de juros que estão em 14,25% ao ano, totalizando um volume aproximado de saques na casa dos R$53 bilhões, obviamente, não podemos desconsiderar que muitos destes poupadores, forçosamente, tiveram que se desfazer dessa reserva financeira para pagar dívidas.

 

Abaixo, segue o rendimento das aplicações financeiras em 2015 (fonte: Exame):

Ações Financeiras 2015

 

Quanto mais rapidamente as pessoas despertarem para a necessidade de mudar, mais fácil será a sua adaptação ao “Mundo Novo”, pois, com o mercado exigindo cada vez mais qualificação profissional e maior entrega pessoal a atividade desenvolvida, maiores serão os desafios para aqueles que contam com apenas uma fonte de renda e que desejam simplesmente se manterem como empregados, ignorando a oportunidade de desenvolver seu lado empreendedor.

 

Uma coisa é certa, a tendência do mercado de trabalho tradicional é inevitavelmente fazer com as pessoas trabalhem mais e ganhem menos, até porque com a diminuição do custo da mão-de-obra provocado por países como a China, somado a crise financeira atual, os salários tendem a serem nominalmente mais baixos em comparação ha 10, 20 anos atrás. Isso é tão verdade que muitos profissionais atualmente, se quer, cogitam em mudarem de emprego, pois o mar (mercado) aí fora não está para peixe, ou seja, ele está sim cada vez mais competitivo, seletivo e escasso.

 

Diante disso, não desperdice a oportunidade que tem em suas mãos e leve Segurança Financeira e Independência Financeira a milhares de famílias que anseiam por mais Qualidade de Vida e por uma chance de se tornarem a melhor versão de si mesmos. Bons investimentos a todos e façam de 2016 um ano de oportunidades!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *